sexta-feira, 20 de junho de 2008

Recado de primavera



Não acordei muito inspirada. Estou ouvindo no carro, há dias, esta carta de um livro de Rubem Braga endereçada a Vinicius, na voz de Ricardo Blat. Acho linda e sempre que entro no carro, coloco o CD neste trecho e depois sigo ouvindo todas as outras músicas e poemas da trilha sonora do filme Vinicius (que já assisti diversas vezes!)


Meu caro Vinicius de Moraes:


Escrevo-lhe aqui de Ipanema para lhe dar uma noticia grave: a Primavera chegou. Você partiu antes. É a primeira Primavera, de 1913 para cá, sem a sua participação. Seu nome virou placa de rua; e nessa rua, que tem seu nome na placa, vi ontem três garotas de Ipanema que usavam minissaias. Parece que a moda voltou-se nesta Primavera – acho que você aprovaria. O mar anda virado; houve uma lestada muito forte, depois veio um sudoeste com chuva e frio. E daqui de minha casa vejo uma vaga de espuma galgar o costão sul da Ilha das Palmas. São violências primaveris. O tempo vai passando poeta. Chega a Primaveira nesta Ipanema, toda cheia de sua música e de seus versos. Eu ainda vou ficando um pouco por aqui – a vigiar, em seu nome, as ondas, os tico-ticos e as moças em flor. Adeus.


Qualquer dia escrevo algum texto sobre as identificações que tenho com músicas, textos, livros, outdoors, cheiros, pessoas... e os motivos que me levam a essas identificações. Dá uma viagem legal. Mas hoje, como já disse, não estou inspirada.

3 comentários:

berto xxx disse...

are you sure about that?


berto xxx

Bel Lucyk disse...

Berto, você está em dúvida quanto a foto, certo? Ela não é mesmo de Ipanema, mas eu gostei dela, por isso postei! ;)

O Bom Papá disse...

Você fica me copiando ouvindo o cd do Vinícius...