quinta-feira, 28 de agosto de 2008

A gente e a Blitz

Como faço com todos os meus amigos que vem do Planalto Central me visitar, fui levar a Ju para conhecer o samba do Amicis, que acontece aos sábados. Confesso que estava com muita preguiça, mas como minha amiga queria muito sair de casa e eu já tinha desistido de sair na sexta a noite, não podia mais protelar.
Meu pai estava viajando, então peguei a caminhonete dele e passamos para buscar a Beta, outra amiga querida que mora aqui no Ceará. Assim que saímos de lá, ela falou:
- amiga, as ruas do Dragão do Mar são tão estreitas. Você não quer ir no meu carro?
Pensei por uma fração de segundos e resolvi dar a volta no quarteirão, deixar a caminhonete lá e ir no carro dela. Deixamos o grande na garagem e fomos no pequeno. Ela estava sem lente e, portanto, eu fui dirigindo.
Ao virarmos na esquina do segundo quarteirão depois da casa dela, avistamos uma blitz. Mas estava tudo tranquilo. Os documentos estavam em dia e eu estava devidamente habilitada e sem álcool no sangue. O guardinha fez sinal e eu estacionei o carro. Diminuí o som, desliguei o motor e entreguei minha CNH, enquanto minha amiga, que estava no banco do passageiro, buscava o documento do carro.
- Moça, esse documento é de 2007. Onde está o de 2008?
Minha amiga respondeu: - Eu ainda não recebi, mas está tudo pago.
- Tem como você trazer o comprovante para mim?
- Sim, claro. Podemos ir lá pegar de carro?
- Não, o carro tem que ficar aqui. Melhor, encoste o carro ali que nós vamos acessar o sistema do Detran via rádio.
- Ok.
Estacionei o carro e descemos para ver a consulta do carro da minha amiga. Daqui a pouco ouvimos uma voz do rádio dizendo:
- Palio Branco licenciado de Fortaleza em 2007 continua ativo.
Trocamos olhares e na minha loirice eu juro que pensei: ah, se tá ativo, tá bom!
- Senhora, infelizmente consta que o licenciamento do seu carro não foi pago. Isso gera multa e apreensão do veículo.
Minha amiga disse: eu paguei, tenho certeza. Vou lá em casa buscar.
A minha outra amiga, a Ju, foi acompanhando a Beta e eu fiquei lá puxando papo com o pessoal do Dentra (me sentia íntima, já que tudo tinha dado certo na semana anterior!). Depois de 30 minutos avisto as duas vindo na nossa direção com um papelzinho de comprovante de pagamento.
A guarda que estava nos atendendo no momento diz:
- Senhora, você pagou apenas o seguro obrigatório. O seu comprovante consta apenas R$ 87,00. A taxa de licenciamento está aqui, neste mesmo boleto, e não foi pago.
Minha amiga ainda tentou argumentar, mas, infelizmente não deu...
Resultado: por causa da desatenção, os R$ 35,00 se transformaram em R$ 12,00 de diarias no depósito, R$ 45,00 de reboque e R$ 150,00 da multa...

2 comentários:

Felipe Campbell disse...

Caracas, é muita mulisse escapar de uma blitz sem ter bebido e dançar por não ter pago o IPVA. Tosco!!!!

Bel Lucyk disse...

foda, né...