sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Atividade Onírica


Eu sempre sonhei bastante. Não estou falando sobre sonhar acordada, mas sobre sempre ter uma história para contar ao acordar. Minhas noites às vezes são agitadas. Às vezes são tão agradáveis que eu adoraria dormir por mais algumas horas só pra curtir mais um pouquinho.
Já tive sonhos que se repetiram por muito tempo. Outros em que acordei com medo no meio da noite. Já tentei acordar e não consegui. E já acordei chorando por causa de sonho. Mas também já acordei numa felicidade sem fim simplesmente porque sonhei com alguma pessoa querida, porque conquistei alguma coisa, etc.
Por causa das minhas crenças e da minha formação profissional, tenho duas explicações para os sonhos - sou espírita e acredito que podemos realmente encontrar algumas pessoas durante o sono. Como psicóloga, acredito que muitos sonhos são tentativas do inconsciente trazer à tona o que vive submerso e escondido.
Mas também sou uma pessoa bastante sugestionável. E muitas vezes acabo juntando minha fértil imaginação com algum fato, geralmente o que aconteceu um pouco antes de ir dormir. O último sonho nesta linha foi precedido pelo filme "O Segredo de Brokeback Mountain" e pela leitura do "Travessuras da Menina Má" antes de dormir (tem uma parte do livro que tem como pano de fundo uma guerrilha no Peru). Resultado: sonhei que estava no meio da mata, que estava acontecendo uma guerra e que eu estava com um grande amigo que a gente sempre teve uma leve desconfiança de sua preferência sexual. Em algum momento antes de acordar, ele estava me contando que estava apaixonado por um homem e que esse cara não queria nada com ele. Acordei morrendo de rir!

7 comentários:

Fafa disse...

kkkkkkkkkkk fala a verdade amiguia!!! Tu fumou um antes de dormi iuahuahauhauahauha

Adorei o texto,ficou muitoo legal! Te amo

Paula Menna Barreto Hall disse...

Bel, quem sabe um dia você me explica melhor essa coisa do inconsciente. Sonho adoidado, todas as santas noites! Tem cada um cabeludo!!! Risos, mas também uns que me deixam com a pulga atrás da orelha. Sempre gostei mais de Jung por isso. beijos.

Bróder disse...

Caramba, agora é descobrir qual dos amigos que sempre tivemos uma leve desconfiança, hauhauhauahua

Antonio Ximenes disse...

Bel.

Sonhos movidos a indigestão.
Sonhos movidos a involuntária imaginação.

Sonhar é legal sempre... até mesmo os pesadelos nos presenteiam com a aquela sensação de alívio... quando a gente acorda... rs.

Abração pra tu.

P.S.: Brigado pela presença lá no Pitoresco.

ANDREA MENTOR disse...

Bel, tb acho que sonhos representam muito. Significados... Beijo

Bel Lucyk disse...

- Fástica, eu juro que não bebi! A minha imaginação é que é fértil mesmo! =)
- Paula, tenho me interessado por Jung pelo mesmo motivo!
- Dani, vc nao conhece o amigo óóóó. Era da época de UnB!
- Oi, Antônio. Thanks pela visita tbém! Vou te linkar aqui, viu? Eu acho que sonhar é sempre bom.
- Dea, concordo em gênero, número e grau. beijocas

Madame Mim disse...

Quase nunca sonho, mas quando acontece de sonhar, são bem reais.

(ah, não sou espírita, mas quase,e tbém vejo alguns sonhos por esse lado)
bjos