quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Momento Marley e Eu


Ok. Eu sou apaixonada por cães. O meu filho de quatro patas é o fox paulistinha mais sem vergonha que existe na face da terra. Mas nem é dele que vou falar.

No ultimo domingo, passamos o dia no beach park. O dia estava lindo e o mar, delicioso. Fui dar uma caminhada pela praia com meu querido irmão que esteve aqui (adivinha onde fomos no sábado a noite?) e no meio do nada encontramos um cara brincando com seu cachorro, um labrador lindo.

Ele ia correndo para o mar na maior felicidade do mundo. E saia correndo quando as ondas chegavam perto dele. Seu dono resolveu entrar na águal e ele seguiu, mas saiu em seguida. Corria desnorteado de um lado para outro.

Lá pelas tantas, ele nos viu e veio correndo em nossa direçao, abanando o rabo, com meio metro de lingua pra fora. Ele estava sorrindo, eu juro. Mas o engraçado foi que quando ele chegou perto e viu que meu irmão não era o dono dele, parou na hora, recolheu a lingua, encolheu o rabo e saiu agachadinho. Se ele falasse, diria: Ops, dei um fora!

12 comentários:

Dante Accioly disse...

Se eu morasse em casa, eu teria um cachorro. Eu teria um weimaraner. E o nome dele seria Tango.

ANDREA MENTOR disse...

Bel, labrador é uma das raças mais lindas. Não sou tão fã assim de animais - adoooooro todos eles no zoo - mas sempre tive cães... Hj temos uma weimaraner (viu Dante?! chamda Nicklas) e uma ilhasa apso, chamada Mel... Lindos!!! Beijo

Bel Lucyk disse...

Dante, Tango é um nome maneiro! Eu tenho um Zeca, mas já tive um Horácio, um RAimundinho, um Rick, Alf... cachorro é tudo de bom, nao importa a raça! =)
Andrea, como assim vc prefere os bichos no zoo? oraaaaaaaa Lhasa é mto lindo tbém! bjs

ANDREA MENTOR disse...

Ai Bel, so sorry. Não sou das mais paciente com eles, os animais. Aliás, paciência é uma coisa que não tenho enough, pa nada... Confesso, é meu grande defeito. Além disso, acabo me apegando e, quando eles se çao, fica um vazio imenso correndo e latindo pela casa... E mordendo meu cadarço... Beijo

Fafa disse...

Ai amiga, não existe no mundo coisa mais linda que os animais. Tenho meu filho que é um Gato,mas tive minha cachorrinha a Pepita, quando ela se foi, levou um pouco de cada um lá de casa junto com ela.Aaafff como doeu...

Madame Mim disse...

Eu adoro bichos, cachorros especialmente.
Tenho uma lindinha, mistura de lhasa-apso e poodle, o nome dela é Sascha.
bjo

Bel Lucyk disse...

- Fafástica, eu lembro quando a Pepita se foi. Lembra que foi todo mundo dormir lá em casa e a gente te arrastou também pra vc nao ficar só?
- Madame mim, eu tenho um caozinho lindo que tá em Bsb e eu morro de saudades dele todos os dias! Cachorro é tudo de bom! =)

Felipe Campbell disse...

Qando fizerem um cão que não cresce nem caga, eu vou ter um com prazer.

Bróder disse...

Eu sempre fico impressionada com a sensibilidade do Bóris, é surreal!!!

O seu filho de quatro patas comeu minha placa pela segunda vez desde que mudamos para o novo apartamento...

Bel Lucyk disse...

- Bóris, compra um cachorro empalhado!
- Dani, o Zeca comeu a sua placa porque vocês não alimentam e nao dão carinho para o animal. O primo me disse que ele tá todo largado.
ehehehehehe

Bróder disse...

Que absurdo, aquele cachorro nunca esteve tão gordinho!

Felipe Campbell disse...

Aquele cão canalhou a 309 norte todas por mais de um ano!!! Já foi tarde!!!