segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Processo Criativo


Quem conhece meu pai, sabe que o passatempo preferido dele é cozinhar.
Ele inventa os mais variados pratos e quando tem uma nova idéia, vai descrevendo cada um dos ingredientes como se fosse uma orquestra sinfônica, dizendo o papel de cada um para que se tenha uma idéia do conjunto, do resultado final.
É claro que eu nunca consigo compor o sabor na minha imaginação e digo pra ele fazer logo, pois é só assim que eu consigo sentir o que ele está descrevendo. No mundo da comida, eu não tenho nada de abstrato. Preciso do concreto. Preciso provar.
No sábado a noite, enquanto esperava uma amiga para ir para balada, resolvi passar na casa da Teresa, minha querida "boadrasta" e avistei uma montanha de caju assim que abri a porta. Depois de alguns minutos, encontrei a namorada do meu pai debaixo dos cajus, processando-os para fazer polpa e congelar. Em algumas horas o freezer ficou tomado de polpa de caju e havia uma outra montanha, agora de bagaço, em uma jarra. Tudo ia acabar indo para o lixo, quando a Carol teve a idéia de pedir ao meu pai que inventasse alguma coisa com aquilo.
Olhando o bagaço processado, que parecia carne de frango desfiada, ele colocou a cabecinha dele pra funcionar. No dia seguinte, quando cheguei lá, dei de cara com um prato saboroso e vistoso, já com os devidos acompanhamentos.
Resolvi compartilhar com vocês a experiência. É fácil de fazer e é uma delícia...
Ingredientes:
- bagaço (carne) de caju;
- alho picado;
- cebola ralada;
- sal;
- pimenta do reino;
- caldo de legumes;
- água;
- 4 colheres de requeijão;
- duas colheres de urucum;
- azeite;
- ovos.

Inicialmente, coloque o alho, a cebola, o sal, a pimenta e o caldo de legumes e deixe refogar por alguns minutos. Em seguida, coloque o caju e refogue com um pouco de água. Logo após, coloque 4 colheres de requeijão e 2 colheres de urucum (já dissolvido em azeite e refogado separadamente). Paralelamente, prepare um omelete com os ovos e corte-o em cubos. Depois de pronto, misture com o restante dos ingredientes. O tempo de preparo é de 30 minutos, em média.
Para acompanhar, o chef sugere arroz branco e purê de abóbora com cheiro verde.
PS - este prato não é recomendado para pessoas que tenham dificuldade em visitar a casa do Pedrinho sem o uso de activea.

9 comentários:

Paula Menna Barreto Hall disse...

Bel, preciso conhecer seu pai! Adoro inventar moda na cozinha!! Pena que aqui eu não consiga os ingredientes. Caju? Ai, ai, ai, dera eu!! Urucum? Você ta pedindo muito!! beijão

Vivian disse...

...benditas almas criativas que tudo aproveitam desta natureza
sagrada...

cozinhar é um ato de amor.
criar na cozinha e doar-se
por amor...

bjus, linda!

Madame Mim disse...

Belll!!!


Tbém tenho uma "boadrasta", ela é bem querida e ela e meu pai tbém são dois cozinheiros de mão cheia.

Vou pegar essa receitinhaaaa,:)

beijos

Anônimo disse...

Eu acho que ele devia mandar pra um concurso de receitas!!!!
Beijocas da Cacá

Bel Lucyk disse...

- Paula, troca o urucum por outro ingrediente! Dá pra adaptar! =)
- Vivian, realmente foi um prato ecologicamente correto. E melhor, gostoso demais! =)
- Madame Mim, que legal que vc tbém se dá bem com a namorada do seu pai. Acho besteira isso. No meu coração tem espaço pra todo mundo. Passa a receita pra eles, experimenta e depois me diz o que achou!
- Cacá, já imaginou meu pai num TOP CHEF da vida? kkkkk

Ludmila disse...

SACANAGEM!!!!! NAO ME CHAMARAM!!!! DEIXE ESTAR!!!!
AI AI AI QUE FOME!!!
beijo!

ANDREA MENTOR disse...

Hahahahahahaha... Só se for na casa do Pedrrrrinho. Hahahahahahahhahahahaha. Vou copiar a receita, mas não sei se me arriscarei. Te conto depois.

Meu pai tb encorpora o mestre cuca de vez enquando. Marca o almoço às 14hs e, sua espcialidade, o risoto de camarão fica pronto sempre às 17hs. Sacou a tática?!?!?! Todo mundo morrendo de fome, ADORA o prato. HAhahahhahaha... Mas é uma delícia mesmo. No dia seguinte então, melhor ainda!

Beijo Bel.. Quase sexta - aeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!!

Bel Lucyk disse...

- Lud! Que visita ilustre! =)
Da próxima você vai. Oraaaaaa
Ficou bom, viu?

- Andrea, thanks god, hoje é sexta! Meu pai usa essa tática também! A comida sempre demora muuuuito! ahahahahhahah beijos

Felipe Campbell disse...

Vou tentar fazer um dia... MAs preciso de auxiliar de cozinha. Preguiça de cozinhar sozinho. :)