sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Mais uma de comunicação


A lei 8.213/91 preconiza que as empresas devem reservar 2% de seu quadro funcional para portadores de necessidades especiais (PNE). Um de nossos clientes, uma multinacional conhecida na área de cosméticos, abriu uma vaga nesta categoria, para que a pessoa trabalhasse na área de logística.
Fizemos a seleção normalmente e encaminhamos três candidatos portadores de necessidades especiais que atendiam as especificações técnicas e comportamentais da vaga. Nessa empresa é necessário fazer uma bateria de outros testes antes da admissão. E lá foram nossos queridos candidatos para o Distrito Industrial de Maracanaú fazerem os testes com a gerente de logística da área.
O primeiro candidato chegou e a gestora logo percebeu que ele tinha deficiência auditiva. Explicar o teste sem conhecer libras foi por si só uma novela engraçada. Ela ficou um bom tempo para o candidato compreender o que ele tinha que fazer com aquela folha, com os dados anotados no caderno e como compilar tudo aquilo no computador. Depois de 2 horas ela conseguiu se fazer entender, finalizou o teste e chamou o segundo. Este também era surdo e ela já tinha pego as manhas sobre a linguagem de sinais e a explicação dessa vez foi muito mais rápida. Quando o terceiro entrou, ela começou automaticamente a fazer a mímica, explicando o teste e o cidadão olhando pra ela atentamente para não perder nenhum detalhe do teste. Depois de algum tempo, mas ainda no meio da explicação, eis que entra um funcionário da empresa e fala com o candidato: "- E aí, João, beleza?" E ele responde: - "Beleza!"
Nessa hora a gestora ficou indignada, colocou a mão na cintura e perguntou:
- Vem cá, você não é surdo não? Qual a sua deficiência?
- Eu tenho uma perna maior que a outra.
- Você percebeu que eu estava aqui me desdobrando, tentando me fazer entender e você podia ouvir? Porque não disse nada?
- Senhora... eu achei que fizesse parte do teste.

5 comentários:

ROBERTA disse...

amiga, DEMÁSSSS!!!
kkkkkkk

parece piada né? fiquei rindo por horas depois que a cliente me ligou as gargalhadas para contar!
ô comédia!!!!!!

enfim... ele passou no teste e está em fase final do processo seletivo!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

bjao! amei a publicação!

Dante Accioly disse...

Putz!!!!!!!!! Isso é sério???!!!! KKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!! Genial!!!!!!!!!!!! KKKKKKKKKKKKK!!!!!!

Paula Menna Barreto Hall disse...

kkkkkkkkkkkkkkk
Muito bom!!!!!

ANDREA MENTOR disse...

hahahahahahahahahaha... Isso que dá apertar o piloto automático!!

Bel Lucyk disse...

- Miga, ele já foi contratado?
- Dante, pior que foi real. Aqui acontece cada coisa... lembro de ter pedido um dia para aplicarem um teste em um candidato e a pessoa acabou esquecendo. 1 hora depois entrei na sala, por acaso, e ele continuava lá, esperando. Daí eu perguntei: vc já fez o teste? tá liberado. E ele: não, ninguem ainda me atendeu. E eu: E porque vc nao me procurou quando percebeu a demora. E ele respondeu como o cara do post - achei que fizesse parte do teste...
- Paula, é realmente mto bom!
- Déa, foi exatamente isso que o gestor fez - ligou no automático!