segunda-feira, 23 de março de 2009

Encantador de Tubarões


Diz a lenda que um célebre lutador de judô , depois de ganhar o bicampeonato mundial, veio descansar nas mornas águas da praia de Boa Viagem, em Recife. Um belo dia, ao entardecer, resolveu passear pelas rasas águas de Piedade, uma praia próxima.
Aproveitou o cair da tarde para fazer sua meditação, já que a maré estava tranquila e o mar, na altura de seu joelho. Depois de alguns minutos, sentiu uma mordida em sua panturrilha. Quando baixou os olhos na direção da água, viu um tubarão branco grudado na sua perna. Por reflexo, tentou abrir a boca do peixe e lá se foram dois dedos da mão direita.
Como atleta controlado e concentrado que era, fechou os olhos e tentou lembrar do que já tinha ouvido falar sobre ataques de tubarões... e lembrou-se que uma boa forma de deixar o bicho desorientado, é acertar seu nariz, que é onde se localiza seu sonar. E lá foi nosso amigo, dar um murro com a mão esquerda. Eis que o tubarão resolve soltar a panturrilha, abre a boca no exato momento e abocanha 3 dedos do lutador.
Nesse momento, ele perdeu o equilíbrio e caiu sentado na água. Já não conseguia controlar a dor que sentia e estava perdendo bastante sangue. Eis que, também por reflexo, ele resolve segurar as barbatanas do tubarão com os dedos que restavam em suas mãos, como se este fosse um oponente de judô e lhe aplicou um perfeito ippon. O tubarão ficou de barriga para cima e, como por encanto, ficou imóvel naquela posição.
Logo ali, próximo à praia, passava um banhista, que tinha assistido toda a cena. Ele correu para ajudar o esportista. E ficou embasbacado com a cena. O bicho continuava imóvel. No hospital, mais tarde, descobriu-se que o tubarão, quando está com a barriga para cima, fica num estado meio anestesiado, imóvel.
O lutador não pôde mais atuar nas competições e teve que se aposentar... mas dizem que sua barraquinha de autodefesa contra tubarões na praia de Boa Viagem fica lotada todo final de semana!

8 comentários:

ROBERTA disse...

amiga.... que criatividade!!! hehhe
amei! ta vendo... sushi domingo a noite tb é cultura! rs... bjao

Madame Mim disse...

Tenho PAVOR de tubarão.
PAVOR.
Não gosto nem de pensar nessas histórias.

Bel Lucyk disse...

- Miga, o sushi realmente foi mto cultural! kkkkk
- Cris, parte da história é real (ao menos que um cara foi mordido na panturrilha, perdeu dois dedos e depois outros 3). Pode ser que isso tudo seja invenção do Thiago. Agora, todo o resto é invenção minha! rs rs beijos

Paula Menna Barreto Hall disse...

Fala sério!!!!! Adoro essas estórias!!! Eita povo bom de papo!! bjs

Vivian disse...

...isso é história
de pescador...rss

ai, ai

bjussss, linda!

tdantas disse...

"Pode ser que isso tudo seja invenção do Thiago"???
Bel, q é isso???
Olhe q não lhe chamo mais p vir para as festa em Recife, viu!?!? kkkk...
Mto criativa vc!

Bjo.

Bel Lucyk disse...

- Paula e Vivi! Isso é mesmo história de pescador! kkkk
- Thiago... vou fazer uma retratação oficial! Não era invenção sua! Aconteceu meeeeesmo! =)

Madame Mim disse...

Ficção ou realidade, tenho medo igual,:)
Muito criativa sua história.Tenho um irmão que mergulha sempre, morro de medo das historias que ele conta.
beijinhos