domingo, 21 de junho de 2009

Descrevendo um sonho

Minha avó dormia na cama ao lado. Era um sono cansado. Era um sono de quem se entrega completamente ao mundo dos sonhos. Enquanto isso, meu cachorro me olhava digitar o texto, aproveitando os raios solares que invadiam o ambiente para tomar um sol e se proteger do frio do Planalto Central.
E eu pensava sobre o acontecido: o evento era o casamento do meu irmão. A cerimônia ia começar e eu era madrinha. Todos os convidados aguardavam ansiosamente a noiva aparecer no alto da escada. E eu procurava uma roupa para usar. Encontrei meu vestido de formatura de faculdade. Mas ele já não cabia. Estava curto. Minha irmã me emprestou o que usou na formatura da mais nova. Mas o vestido estava estragado na altura do peito. A angústia foi crescendo, porque eu precisava me juntar ao meu par para entrar na Igreja. A cerimônia ia começar a qualquer momento. Eu precisava caminhar até o altar. Ser testemunha do ritual. Encontrei um vestido curto, tecido leve, colorido. Bonito. Quando experimentei, já era hora de entrar. Procurei uma sandália. Não encontrei. Atravessei descalça a igreja lotada. Esperava que ninguém fosse perceber. Acordei antes de terminar o trajeto.

12 comentários:

Indiara Oliveira disse...

Só Freud explica, amiga!!!
Beijos

Bel Lucyk disse...

miga, acho que nesse caso,nem freud!kkkkk
beijos

Anônimo disse...

E Jung, será que navegar por ele ajudaria na interpretação dos sonhos do Freud?
Ah, essas psiquetes...kakakakaka!
Vestido colorido... e quem precisa apertar os pés para correr legal???
Leve, colorida...Tô gostando, tô gostando...e o Zeca, heim, nem pra ajudargrrrr...

ana maria disse...

vim matar as sauddes doutora...
os sonhos, o zeca, os homens sem vergonha... continua tudo igual até msmo no Planalto Central...
beijo/!!

Bel Lucyk disse...

- Jung não é muito minha praia, mas apelo pra todos porque meus sonhos andam muuuito cheio de significados que eu nao tenho idéia do que é! kkkkkk
- Namaria! Que saudade, amiga! Trata de continuar comendo carangas e tomando cerva toda manhã por mim, óqueeeeei?
beijo grande

Madame Mim disse...

Qdo tu diz "frio" tu diz algo em torno dos 15 graus?

Anônimo disse...

Será que ela "guenta" nosso -0°dessa Curitiba, heim? heim?
Acho que nós teremos que providenciar zilhões de casacos pr'essa mulé em setembro, Madame Mim...se é que a tratante vem pro sul, como porooomete...

Radical Livre disse...

Um dia a Bel inflamou...

Anônimo disse...

Cumé quié?
Corações?
Ou foi casaco demais?
Ou...ou...
Bom demais essa coisa de 'pinçar só uma pontinha' de algo que pode dar pano pra muita Manga.
E que não seja a que o Zeca lambeu, como numa certa foto do "pobre animalzinho" intitulada Cão Chupando Manga!!!kakakakaka

Anônimo disse...

Bel, ôce inflamou?

Aplauda disse...

E, eu pensando que você iria acabar noiva..........

hehehehehhe

Bel Lucyk disse...

- Cris e tia Detinha: sim, o frio é de 15 graus e eu sei que pra vcs, isso é um calor de quase 40 graus! kkkk Mas eu juro, to me preparando pra setembro! =)
- Rafa Radical Livre... ninguém te merece! kkkk vou desinflamar, óqueeeei?
- Igor, nesse sonho não! Pode ser sooorte, pode ser azar! kkkkkkk
beijos