quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Vida Curta

"Não sei...
se a vida é curta ou longa demais pra nós,
mas sei que nada do que vivemos tem sentido,
se não tocamos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
colo que acolhe, braço que envolve,
palavra que conforta, silêncio que respeita,
alegria que contagia, lágrima que corre,
olhar que acaricia, desejo que sacia,
amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo,
é o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela não
seja nem curta, nem longa demais,
mas que seja intensa, verdadeira,
pura...enquanto durar....“

(Cora Coralina)

PS - este texto foi encaminhado por um amigo muito querido. Volta e meia trocamos textos. Aliás, volta e meia ele me manda textos ótimos. Ando meio em falta. No que se refere a textos. Continuamos trocando idéias sobre a vida. E muitas.

6 comentários:

Camila Máximo disse...

Adorei o texto!!!!
E aí, o nosso happy hour, almoço ou qualquer outro evento que eu possa ter a sua estimada companhia vai rolar essa semana???
Beijo grande!
Cacá.

Mauro Castro disse...

Infinita enquanto dure...
Há braços!!

Bel Lucyk disse...

- Cacá, nosso almoço sai na segunda! OU vai o racha! Espero que todo mundo tope o japa! =)
- Mauro, obrigada pela visita! é isso aí, infinito eqto dure! =)

Madame Mim disse...

Adoro Cora Coralina.

tdantas disse...

Adorei o texto! Deve ser um bom amigo p ficar mandando coisas assim! rsrsrs... bjo.

Bel Lucyk disse...

- Cris, eu me amarro também!

- Thiago, não é que o amigo é bacana mesmo! Mora no meu coração! Muito! =)