terça-feira, 1 de setembro de 2009

O início

Quando comecei a gostar de você?
Quando comecei a te olhar diferente?
Será que foi no dia em que nos conhecemos? Ainda lembro a roupa que você usava, uma calça jeans surrada, camiseta e uma camisa xadrez, mais surrada que a calça, por cima da blusa fazendo as vezes de um casaco. Lembro do que disse, falou logo sobre os planos profissionais. Mas naquele dia foi só um olhar de curiosidade.
Depois começamos a conviver. Será que foi no dia em que começamos a trocar idéia? A conversar sobre a vida? A rir das piadas? A conversar sobre nossas aventuras e desventuras?
Será que foi quando comecei a confiar em você? Ou quando comecei a admirar seu jeito de levar a vida?
Acho que foi quando soube que podia contar contigo. Quando encontrar com você passou a me fazer bem. Talvez quando sua companhia começou a me trazer paz?
O que sei é que não foi naquele dia. No dia em que nos abraçamos por um longo período e eu fiquei confusa, sem saber o significado daquilo. Não foi no dia em que me arrumei só porque ia te encontrar. Nem no dia em que o seu beijo me fez esquecer de tudo ao redor. Ou quando parei de perceber o tempo passar enquanto estava ao seu lado.
Saber exatamente quando tudo começou já não importa. Nem quanto vai durar. O que importa é que você me faz bem.

8 comentários:

Dani disse...

Que linda declaração!!=)

Antonio Ximenes disse...

Olha aí !!!!!
O amor é lindo !!!!

Cai nessa armadilha chamada amor... em 1996.
Hoje sou casado e tenho um filho.

Amor e Paz pra vocês dois.

Silvia Caroline disse...

ah que declaração linda! O importante é realmente fazer bem!
Bonita história!

Maricota disse...

Bom dia Flor do dia! =)

Madame Mim disse...

Bel, que declaração linda!
Descobrir uma pessoa que te traga paz é a melhor coisa do mundo.:):):)

Beijos!

Bel Lucyk disse...

Ah, se fosse verdade! rs rs rs

Camila Máximo disse...

Ah, não, não é verdade, não?
Snif, snif...
E viva o mundo da fantasia!
Beijos da Cacá.
P.S.: Adorei o texto! A cada dia que passa você se supera, gata!

Stella Tavares disse...

Concordo com você. O mais importante não é ter um relacionamento que dure para sempre e sim conquistar um relacionamento que vale a pena durar para sempre.