sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

A música do ano (década ou século)

Lembro que era véspera de reveillon, só não sei ao certo de que ano. Provavelmente estávamos em 1999 e a Jovem Pan promoveu no dia 31 uma retrospectiva das 200 melhores músicas do ano (década ou século,) não me recordo. Nessa época eu era adepta das rádios.
Vale dizer que esse hábito quase não existe mais. Há tempos não tenho paciência para rádio porque não aguento comercial e locutores falando abobrinha.  No meu carro, só minhas seleçoes de música. E quando , porventura, quero ouvir alguém falando, sintonizo na CBN. Se me canso de ouvir notícias, volto para meus cds.
Mas em 1999 eu ouvia rádio sem parar. E na época de final de ano, eu sempre curtia a Pan porque tocava um jingle que eu achava fofo, que era assim.
"Eu queria ouvir a música que sai da sua boca quando você diz que sim/ Eu queria ouvir a música que explode nos teus olhos quando eu vou te ver/ Eu queria ouvir a música que corre ao teu redor quando você sorri/ Eu queria ouvir a música qu a gente ouviu quando eu te conheci..." 
E quando soube que ia ter uma retrospectiva das músicas mais tocadas do ano, (década ou século) , resolvi passar o dia inteiro acompanhando a programação no meu quarto. Eu só saía em caso de propaganda ou quando alguma  música não me agradava e eu aproveitava seu tempo de reprodução para fazer alguma coisa fora do quarto.
E assim foi, o dia inteiro, acompanhando a programação, concordando com algumas posições, discordando de outras e esperando para ouvir A MÚSICA! Eis que no final do dia começou a contagem regressiva... faltavam 10 músicas. A partir daquele momento, eu não conversava com ninguém, não saía do quarto e não fazia nada que tirasse minha atenção. Quem entrasse no quarto tinha que fazer silêncio. Eu era praticamente uma autista.
Quem olhasse de longe, poderia até achar que eu estava esperando atentamente o resultado de alguma loteria. Nem na época em que passei no vestibular, quando a  antiga rádio Cultura  de Brasília anuciava os nomes dos aprovados da UnB (1997), e eu acompanhei atentamente até a chegada do meu nome, fiquei tão ansiosa. E olha que o meu curso começava com a letra P e ainda tinha que esperar até a letra I. Tudo bem, nesse caso, eu devia mesmo era estar cansada de tanto ouvir nomes, apesar de atenta, para ver se algum amigo também tinha passado. Enfim... essa já é uma outra história que depois conto aqui.
O que importa é eu estava ali, ouvindo atentamente para saber qual foi a mais tocada da década (ou ano ou século). E claro que na reta de chegada o pessoal encheu a programação de propagandas. Devia ser algo do tipo: 2 músicas, 5 minutos de propaganda, mais 2  e assim vai...
Quando anunciaram que depois do intervalo saberíamos o resultado... sentei na cama e fiquei bem próxima da caixa de som, quase sem respirar. Quando a música começou, fiquei imóvel. Na verdade, fiquei com ódio por ter passado o dia inteiro esperando aquilo. Mas, como poderia ser diferente? Nem todo mundo tem gosto musical igual, né? 
Mas uma parte de mim acredita até hoje que aquilo foi manipulado, sei lá por qual motivo.  E por isso, terminei aquele ano ouvindo Celine Dion cantando a trilha sonora do Titanic... E isso foi tão marcante que eu não me lembro de nada além disso daquele reveillon: se fui pra alguma festa, se fizemos alguma reunião em casa... nada! Só me lembro que o  último dia de 1999 foi à deriva!

4 comentários:

Maricota disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk

Bel Lucyk disse...

Ri não, Maricotinha. 1999 naufragou aos 45 do segundo tempo! rs rs

Camila Máximo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk
Eu me lembro desse ano! Acho que a gente foi pra festa no salão do Sacolão! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Lembra disso???
Beijos com muitas saudades da Cacá.
P.S.: Soube que separou fotitas pra mim!!!!

Bel Lucyk disse...

Cacá! Sacolão é o novo! kkkk
Nao me lembro não! Juro que só lembro da porcaria da música!
Vamos almoçar sim! Achei um monte de foto legal =) beijocas