sábado, 24 de abril de 2010

Mais uma vez

Aos poucos, tudo foi voltando ao seu devido lugar. Depois da turbulência, finalmente chegava a calmaria. Como por encanto, foi encontrando uma ordem no meio do caos e aos poucos, a vida foi voltando ao normal:
.a casa voltou a ser arrumada;
.os livros voltaram a ser lidos;
.as palavras, escritas;
.os exercícios, feitos;
.a noite, dormida;
.os sonhos, agradáveis;

O pior já tinha passado. Agora era hora de recomeçar. De novo

6 comentários:

Rafael disse...

Eba! Quer dizer que vamos ter textos novos com frequência a partir de agora?

Vivian disse...

...e a vida não é assim.

um eterno recomeçar e recomeçar?

bj, saudade de vir aqui!

Bel Lucyk disse...

- Rafa, a idéia é essa!
- Vivi, e eu sinto falta das suas visitas. Ora! =)
A vida é mesmo assim, cheia de recomeços, né? Sorte que agora tô com o fôlego todo! beijos, querida!

Fafá Póvoas disse...

É sempre assim mesmo...um eterno recomeço. O importante é não sair do seu caminho...

Love u

Fafá Póvoas disse...

Pq não tô conseguindo postar aqui???

MarianaT disse...

Obaaaaaaa