segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Renew? Avon?

Sempre que mudamos de emprego temos que nos certificar também de informações sobre os arredores do trabalho: estacionamento, lanchonete, segurança... e eu tive sorte porque nos meus dois últimos trabalhos, por pura coincidência do destino, as empresas em que ingressei ficavam no mesmo prédio em que minha irmã já trabalhava. Daí ela me passava as informações e ainda fazia um pequeno tour informando o que ela achava interessante. E já me apresentava as pessoas dos arredores com quem eu teria que lidar.
No primeiro desses empregos, ela me apresentou um flanelinha de confiança: o Renildo. E disse que eu poderia deixar o carro com ele sempre que não encontrasse vaga, pois era  um rapaz muito honesto. Me avisou também que ele lavava o carro super bem, então eu não teria que me preocupar com o lava-jato no final de semana. Lembro que ela me apresentou o Renildo e enquanto caminhávamos para o trabalho, eu disse:
- Qual a chance d'eu lembrar o nome do cidadão. Renildo? Não tem a menor chance!
E ela, prestativa, me passou uma estratégia:
- Bel, lembra do Renew, creme da Avon. Não tem erro!
E assim fiz no dia seguinte. Procurei o guardador de carros e passei a deixar o meu sempre em sua área (eles sempre fazem um rateio do estacionamento e dependendo do local em que você estaciona, é responsabilidade de um ou de outro). 
Ao final da primeira semana, não me lembro ao certo o motivo, minha irmã teve que ir de carona comigo (trabalhávamos em horários diferentes) e lá fui eu estacionar o carro onde deixava sempre, com o flanelinha indicado por ela. Quando descemos do carro ela perguntou:
- Ué, porque você não tá deixando com o cara que eu te indiquei?
- Eu estou deixando com ele! Olha ali o Avonildo!
Ela teve uma crise de riso e disse:
- Bel, o nome é Renildo e é aquele rapaz ali do outro lado!
Por sorte, o outro rapaz era ótimo e cuidou muito bem do meu carro durante todo o período em que trabalhei por lá. Mas foi um mico descobrir que passei uma semana chamando ele de Avonido. Ele deve ter achado que eu era doida!

4 comentários:

Joana disse...

Morro de rir sempre que vejo essa estória!
beijos avonilda

rchia disse...

Muito boa mesmo! HAHAHA
Seja bem-vinda de volta...

Geraldo Brito (Dado) disse...

Saudações e parabéns pelo blog!

Bel Lucyk disse...

- Jow, ela é engraçada mesmo! Essas coisas só acontecem comigo!
- Rchia, estou mais ou menos de volta. Atualizando bem menos do que eu gostaria! ehehehehhe Mas nao desista! =)
- Geraldo! Obrigada pela visita e venha sempre!

boa sexta pra todos!
beijos