terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Dia 21/12 – Em 2010 eu quis matar...

...meu cachorro. Sério.
Ele está no meio de um tratamento para o problema hepático que adquiriu há menos de um mês e não pode comer nada além de ração. Que conste dos autos que ele já não podia antes, mas agora o cerco se fechou para esse pequeno animal.
E eis que semana passada, quando ele estava com vários efeitos colaterais por causa da medicação, eis que chego em casa e me deparo com um objeto não identificado no sofá. Aliás, o objeto estava quase caindo do sofá. 
Estranhei o fato dele não vir me recepcionar saltitante e serelepe como sempre e logo o avistei embaixo da mesa, me observando desconfiado. Vi que vinha uma luz fraca da cozinha e logo deduzi que era a geladeira aberta. Acendi a luz, lentamente me dirigi ao sofá e vi uma coxa de frango imensa quase caindo de lá. Aliás, era apenas o osso, porque o resto já tinha ido embora há muito tempo.
Ele é meu filho de 4 patas e amo meu cachorro. Mas semana passada ele me tirou do sério! Sério!

5 comentários:

ASIH MANAJEMEN disse...

hi...visited me

Elaine disse...

Beeeel! Eu PRECISO conhecer o Zeca.
O mais inteligente que o Boby conseguiu fazer aqui em casa foi morder a ponta do papel higiênico e desenrolar pela casa inteira, sem rasgar. Mas um cachorro que abre a geladeira e leva uma coxa de frango para o sofá merece meus mais sinceros e profundos cumprimentos. Tô apaixonada por ele... kkkkkkk

Larissa Bohnenberger disse...

Nossa, que arteiro!

Sabe, minha cachorra tem problemas alérgicos, e agora ela está numa dieta especial: ração hipoalergênica. Não pode comer nada que não seja isso. O problema é que aqui em casa, a única que não alimentava ela NUNCA com porcarias era eu. Meu pai acostumou ela a ficar do lado da mesa pedindo comida, e até a colocar as patas em cima pra observar o banquete enquanto baba. Aí quando chega o momento de se tomar uma atitude drástica, fica difícil, né? Até fuçar o lixo ela fuça...

Pestinhas! Mas a gente não vive sem eles, né?

Mulher ao Cubo disse...

Realmente, só dele ter conseguido abrir a geladeira pra pegar a comida, já merece continuar curtindo a vida...a raiva passa, só fica a história boa de contar!

Bel Lucyk disse...

- Elaine, Zeca nunca pega papel higiênico limpo! =S A porta do banheiro da minha casa tbém vive fechada! eheheheheh
- Larissa, eu sei bem como é isso. Não faço com o Zeca (de dar besteira pra comer), mas com o cachorro da minha mãe...sou tia e estrago o cachorro! =)
ps - mas fico brava quando fazem isso como Zeca. Tomara que a sua cadelinha supere logo essa alergia! =)
- Mulher ao Cubo, ele é um bom vivant! E a raiva passa rapidinho mesmo! Ele é meu filhote de 4 patas, não vivo sem ele! eheheh

beijo pra vcs!