segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Meu livro favorito em 2010...


... foi encontrado casualmente.
Outro dia a ração do Zeca acabou e como se trata de um dos três itens que me fazem sair de casa para visitar o supermercado, saí do aconchego do lar numa noite de chuva para resolver a fome do meu cachorro. Logo quando entrei na loja avistei uma montanha de livros e uma plaquinha com os dizeres: "Livros a partir de R$ 2,50".
Obvio que nunca saí de casa para comprar livros no Extra, mas decidi apostar pra ver, afinal de contas, não era possível que eu não conseguiria nenhum. A pilha era bem sortida, mas a grande maioria era de livros de auto-ajuda e esse, definitivamente, não é meu tipo de leitura.
Sei que levei algum tempo até encontrar  "O Riso da Agonia", de Plínio Cabral. Inicialmente, gostei bastante da capa, que é toda preta e tem uma a fotografia de uma corda quase arrebentada com o título escrito em vermelho. Li rapidamente sobre o assunto e em questão de minutos estava na fila do caixa, com minha aquisição literária e a ração do meu cão.
O livro é narrado em primeira pessoa, quando o personagem já doente e de cama, faz um retrospecto de sua vida. E assim, alternando entre o passado, repleto de um humor ácido que tem como pano de fundo a história recente do país, e o presente, em que está debilitado e confuso tentando se agarrar a detalhes de seu dia a dia monótono e dependente para manter o pouco de lucidez que ainda lhe resta, o enredo vai sendo desenvolvido. 
O Riso da Agonia é seco, ácido, angustiante e divertido. Certamente foi uma boa surpresa e dentre os livros que li no decorrer do ano, este se destacou. A leitura é fácil, dinâmica e extremamente envolvente.

ps - este título já recebeu dois prêmios: em 2002, foi considerado o melhor romance pela Associação Paulista de Críticos de Arte e em 2003 ganhou o prêmio Passo Fundo Zaffari & Bourbon de Literatura. 

7 comentários:

rchia disse...

Certo, vou ao Extra agora mesmo! ;)

Bel Lucyk disse...

ahahahah
Rchia, tem um tempinho já que encontrei a montanha de livros com esses ótimos preços lá no Extra! =)
Mas, independente disso, o livro realmente vale a pena!
bj e boa semana pra vc!

MaxReinert disse...

Mais um pra lista!

Larissa Bohnenberger disse...

Nossa! Tá na lista de aquisições, já! O problema de quando a gente é DOENTE por livros, é que qualquer coisa que a gente lê sobre algum que não conhecemos, já é motivo para correr até a livraria mais próxima e gastar um dinheirinho. Já peguei algumas indicações até agora. Mas essa sua me interessou muito.

Bjs!

napontadosdedos disse...

E o precinho, heim?
Dá próxima vez que for ao Extra não serei preconceituosa com as plaquinhas de promoção!

napontadosdedos disse...

E o precinho, heim?
Dá próxima vez que for ao Extra não serei preconceituosa com as plaquinhas de promoção!

Bel Lucyk disse...

- Larissa, eu sou assim com livros também. TEnho uma verdadeira compulsão!
- Tem que ser menos preconceituosa e muito paciente pra encontrar algo que valha a pena! eheheheh