quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Um video no youtube em 2011

Não vou nem me dar ao trabalho de colocar o link no video que eu escolhi como o do ano porque nem eu assisti e nunca vou ver. Como no último ano, o youtube continua não sendo uma fonte de informação na minha vida e provavelmente vai ser assim pra sempre. Só abro um link se me interessa, quando alguém posta alguma coisa em algum lugar.
Mas quando pensei num video, só me veio o absurdo da louca que espancou o yorkshire e vou explicar porque:
Em primeiro lugar, porque esse assunto me deixa revoltada, afinal de contas, eu sou louca por bichos.
Em segundo, porque chocou o mundo.
Em terceiro, porque nas últimas semanas ouvi muito falar de cachorros que moram com famílias, tem casa, comida e um teto e sofrem maus tratos. 
Li em algum lugar que no Brasil, até os cachorros tem classe social, porque houve essa comoção geral em relação ao cachorro de raça que foi morto pela dona e ninguém se importa com os tantos bichos abandonados e mal tratados que existem pelas ruas do país. Não acho isso correto. Não conheço uma única pessoa que não se incomode com isso. E mais, tenho conhecido muitos abrigos que fazem belíssimos trabalhos e  pessoas que pegam esses animais para cuidar até conseguir alguém para adota-los para que tenham um teto, carinho, afeto...
E fico pensando... e se quem adotar for uma cidadã como essa? Ou como o cidadão que espancou seu boxer até sua mandíbula cair? Ou como o outro que usava um poodle como saco de pancadas sempre que fumava crack? Ou como o dono pastor alemão que foi recolhido por um abrigo porque, apesar de ter dono, vivia solto e abandonado por aí?
#parapensar

Nenhum comentário: